Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

Êxodo - Deuses e Reis

Imagem
A última história do livro bíblico de Genesis é a do hebreu José e de como ele levou seu pai, Jacó, os irmãos e familiares para viverem no Egito, depois de o mundo entrar numa época de fome – a fase das vacas magras. Naquele tempo, só se encontrava comida na terra dos Faraós e berço do Nilo. Depois da morte de José e do Faraó de então, as coisas mudaram e o povo de Deus foi feito escravo. Obviamente, essa situação não ficaria assim por muito tempo. O livro de Êxodo inicia, justamente, com o nascimento de Moisés, o menino predestinado a ser o líder de Israel e a livrar o seu povo da escravidão. São histórias incríveis! Quando elas surgem em filmes, eu não me canso de assisti-las. A versão mais recente da vida de Moisés é o filme Êxodo: Deuses e Reis (Exodus - Gods and Kings) . Nele, Ridley Scott usa e abusa das cenas grandiosas e efeitos especiais para nos contar como Moisés (Christian Bale) cresceu na casa do Faraó e seu relacionamento fraternal com o filho dele, Ramsés (Joel

Saint Laurent & a eterna Paris

Imagem
O melhor da turma jovem do cinema francês está neste filme: Gaspard Ulliel no seu melhor papel, até agora, interpreta o mestre da alta-costura & do prêt-à-porter; Louis Garrel faz o amante e grande amor do estilista, Jacques de Bascher (com cenas, ou melhor, beijos, bem quentes entre eles); e, Léa Seydoux - que ficou mais famosa por aqui depois de "Meia Noite em Paris" - faz o papel de Loulou de la Falaise - grande amiga e funcionária do estilista. YSL entre suas melhores amigas, Betty Catroux e Loulou de la Falaise Foto: John Minihan / Getty Images Durante as 2 horas e meia de filme, eu me questionei o quanto Yves Saint Laurent aprovaria ver a sua vida pessoal tão exposta. De dia, um profissional exigente e que precisava de música e uísque para conseguir a criatividade necessária para desenhar as suas criações. À noite, ele se entregava à baladas, sexo e drogas, muitas drogas. Me senti invadindo a intimidade dele. Soube que Pierre Bergé (que no filme dirigi

Operação Big Hero e a digital San Fransokyo

Imagem
Levei meu sobrinho Victor de 12 anos, e o meu vizinho, Juan Pablo, um colombiano de oito anos, para assistirem “ Operação Big Hero ” ( Big Hero 6 ), no seu dia de estreia: ontem, 25 de dezembro. As ruas vazias de São Paulo (parece que o povo se recolheu mesmo, depois da ceia de Natal) e a forte chuva que tomou conta da cidade (felizmente, ela só apareceu quando estávamos dentro da sala do Cinemark do Shopping Santa Cruz) não tiraram nossa disposição. Na tela, as imagens em 3D fascinaram os adultos e as crianças. A história de Hiro Hamada, seu fiel escudeiro, Baymax (presente que Hiro ganhou do seu irmão, Tadashi), e sua turma de amigos, Fred, Wasabi, Go Go Tomago e Honey Lemon, nos deixaram atentos e empolgados do início ao fim. O mix de emoções, como alegria (uma delícia ouvir as gargalhadas das crianças), tristeza, ansiedade e torcida pelo final feliz tomaram conta da plateia. A dobradinha Marvel + Disney funcionou perfeitamente. E, além da boa história, os efeitos digi

Exposição "Carlitos faz cem anos"

Imagem
Carlitos, o vagabundo mais querido do cinema, completou 100 anos em 2014, desde o lançamento de " Corrida de automóveis para meninos ", em 7-2-1914, e agora, no final do ano, recebe uma simpática homenagem no Conjunto Nacional (Av. Paulista com Rua Augusta). A exposição mostra momentos da criação de Charles Chaplin e toda a sua elegância 'paupérrima':  o look preto composto por calças largas e casaco apertado, chapéu-coco, grandes sapatos e a indefectível bengala. Vá conferir se estiver em SP. Para rir e se emocionar.

Fran na locação: Hook & Ladder 8

Imagem
Conhece esse lugar de algum filme? Eu estive no número 14 da North Moore Street, em Manhattan, para conhecer in loco o prédio  Hook & Ladder 8 , um dos mais famosos cenários de Ghostbusters , filme de 1984, com Bill Murray encabeçando o elenco de caça-fantasmas... ...e do mais recente Hitch - Conselheiro Amoroso , comédia romântica de 2005, com Will Smith e Eva Mendes vivendo uma divertida história de amor americana. O lugar é sucesso de público. Muita gente querendo tirar uma foto como essa minha acima.

Relatos Selvagens, de Buenos Aires para o Mundo

Imagem
Verdade seja dita: um dia o saco enche e a casa cai! Em "Relatos Selvagens" ( Relatos Salvajes ), filme dirigido por Damián Szifrón (com a benção e a parceria dos irmãos Almodóvar), isso acontece com muita gente. E esse povo todo decide fazer justiça com as próprias mãos.  Tem um cara que, de tanto ser maltratado pelos outros, derruba um avião com t-o-d-o-s os 'inimigos' dentro; tem a jovem que encontra o agiota responsável pelo suicídio do pai dela;  o homem que estreia um carro de luxo numa estrada de Cafayate, em Salta, e é agredido por um outro motorista; o pai que, para proteger o filho que causou um acidente fatal, se vê 'saqueado' pelo advogado, o jardineiro, o perito criminal; a recém-casada que descobre que não só foi traída, como o marido ainda teve a coragem de convidar a amante para a festa de casamento deles; e, finalmente, tem a história que conta com Ricardo Darín representando um pai de família. Multado erradamente e por várias vezes num c

Happy Birthday, Woody!

Imagem
O mestre em cena do filme " Para Roma, Com Amor" Hoje é o aniversário de 79 anos de idade de um dos mais talentosos e queridos diretores de cinema: Alan Stewart Konigsberg, mas podem chamá-lo de Woody Allen . Nascido no Brooklyn, em Nova York , Allen nunca se cansou (Graças a Deus!) de filmar sua Manhattan querida. Entre os mais de 50 filmes em que ou interpretou, ou escreveu e dirigiu, a Big Apple ganhou destaque especial em mais da metade deles. Dentre os seus trabalhos ambientados por lá, os meus preferidos são "Manhattan" (1979), "Todos Dizem Eu Te Amo"(1996) e "Poderosa Afrodite" (1995), nesta ordem. Da sua fase européia, eu cai de amores por duas produções muito charmosas: Meia-Noite em Paris (2011) e Vicky, Cristina, Barcelona  (2008). Tudo que eu posso desejar para esse incontrolável neurótico e amante do jazz de New Orleans (que passei a curtir, depois de vê-lo em ação no documentário Um retrato de Woody Allen  -  Wild Man Blues