Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

"Como arrasar um coração" em Mônaco

Imagem
O excelente Romain Duris, meu ator francês favorito desde Albergue Espanhol , foi o motivo que me fez assistir a comédia romântica "Como arrasar um coração" . Duris interpreta Alex, o dono de uma agência que desfaz casamentos de mulheres que estão infelizes, mas que ainda não descobriram. O papel dele é fazê-las enxergar que estão entrando numa roubada e desistir do casamento antes que seja tarde demais. Seu time de trabalho é composto pela irmã, Mélanie (Julie Ferrier) e o marido dela, Marc (François Damiens). Cheio de dívidas, ele aceita acabar com o casamento de Juliette (Vanessa Paradis, a Sra. Johnny Deppy) com o inglês Jonathan (Andrew Lincoln, de 'Simplemente Amor'). Umas das estratégias do grupo é descobrir o passado e os gostos da moça. No caso de Juliette, ela adora o filme Dirty Dancing , o que rende uma cena muito legal dela e Alex repetindo os passos de Patrick Swayze e Jennifer Gray. O local do casamento não podia ser mais agr

Eu, Montevideo, Café e "Whisky II"

Imagem
Foram 2 dias muito bem aproveitados! Cumpri uma agradável promessa feita a mim mesma: comemorei meu aniversário em Montevideo, um lugar que eu tinha muita vontade de conhecer já há algum tempo. Fui recompensada. A cidade estava ensolarada, não choveu até o momento do meu retorno, a população local estava presente e me recebeu muito bem, como era de se esperar de uma nação acostumada a frequentar as melhores posições do ranking mundial de índice educacional. Apaixonada por cinema, levei na memória as imagens de "Whisky" , que assisti em março deste ano. Quem viu o filme, deve ter se perguntado sobre o que aconteceu a Marta (interpretada por Mirella Pascual) quando, na cena final, ela não aparece para trabalhar. Relembrando o enredo, Marta atendeu a um pedido do seu chefe, Jacobo (Andrés Pazos), e fingiu ser a sua esposa enquanto o irmão dele, Herman (Jorge Boloni), se encontrava em Montevideo para participar do matzeiva da mãe.  A experiência daqueles dias

"Singularidades de uma Rapariga Loura"

Imagem
O conto de Eça de Queiroz, escrito em 1873 e publicado em 1901, foi a base para o filme "Singularidades de uma rapariga loura" , dirigido pelo cineasta português, Manoel de Oliveira. Pôster do filme em exibição no Brasil. Personagem principal, Macário conta para uma desconhecida sobre as suas desventuras amorosas com Luisa, a singular rapariga loura. Para apreciar a criação de Oliveira, aconselho que leia antes o texto de Queiroz. Conto e filme são repletos de frases muito curtas, o que, na telona, causa um efeito de lentidão no desenrolar da narrativa. Se você ler o texto com antecedência, vai compreender melhor o filme de Oliveira. Os lugares citados e mostrados em "Singularidades..." - Minho, Algarve, Lisboa e Cabo Verde - dão vida à história. Acompanhe comigo: Num trem para o Algarve, Macário conta a sua desventura amorosa para uma desconhecida, num ato de desabafo. Se prestassem atenção à paisagem, teriam apreciado lugares muito bonito

"Casablanca"

Imagem
Um dos maiores clássicos do cinema,  Casablanca é um filme de amor, humor, patriotismo, um certo suspense e frases que marcaram gerações de cinéfilos. O tempo encarregou-se de transformá-lo numa lenda... Ambientado em tempos de guerra e lançado em 1942, Casablanca tem como base a história de refugiados de diversas nacionalidades que seguem para a colônia francesa em busca, principalmente, de um salvo-conduto (visto) para Lisboa, de onde podem partir rumo aos Estados Unidos.   O point local é o Rick´s Bar, um " Café Américain" , onde todos, vestidos com a elegância da década de 40, encontram-se para beber, ouvir boas músicas, jogar clandestinamente e realizar negócios com os fins mais obscuros que possam existir em tempos de vigilância acirrada. Para a maioria dos frequentadores do Rick´s, o clima fica tenso quando alemães e franceses se encontram no mesmo ambiente. Para o dono do bar, Rick (Humphrey Bogart), a situação se complica quando Ilsa (Ing

Empire State Building celebra 80 anos

Imagem
O Empire State Building , um dos edíficios mais importantes para o mundo do cinema, está celebrando 80 anos de existência: o prédio foi oficialmente aberto ao público em 01 de maio de 1931. Considerado o mais alto edíficio de Nova Iorque, ele teve a sua construção iniciada em 1930. Por sua inauguração ser feita num período díficil para a economia americana (pouco tempo depois do crash da Bolsa de Valores), o prédio foi apelidado de " Empty Space Building " ( Edíficio dos Espaços Vazios ). Mas, com a procura do público pelos seus observatórios (86o. e 102o. andares) e a ajuda de Hollywood, o ESB conseguiu reverter a má sorte e se tornar um dos prédios mais conhecidos do mundo. "Tarde Demais Para Esquecer" ( An Affair to Remember ) Filme de 1957, " Tarde Demais para Esquecer " foi dirigido por Leo McCarey e colocou o Empire como o ponto de encontro oficial dos românticos do mundo inteiro. Isto aconteceu graças a cena em que Nickie F