Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2019

Madri no cinema (os filmes)

Imagem
Madri é uma daquelas cidades que fazem qualquer visitante (bem, a maioria deles) se sentir em casa logo que pisa nela: o povo é simpático, o clima é agradável, a comida é deliciosa, a cidade é limpa e bonita. E quando incluímos a combinação de ambiente tradicional e artístico com o espírito descontraído de seus frequentadores (locais ou estrangeiros; jovens, adultos ou idosos), a capital espanhola se torna imbatível. Para mim, é um dos lugares que eu mais adoro retornar.  Quem também parece amar essa cidade são os diretores de cinema: entre os listados aqui estão desde David Lean e Terence Young até os atuais Asghar Farhadi e Carlos Saldanha. Em comum, essa turma sempre encontra um espaço nos seus roteiros para incluir e filmar alguma cena por lá. Sobre o espanhol Pedro Almodóvar, esse é hors concours: ninguém exibiu Madri na telona tão constantemente e de forma tão amorosa!   Anote alguns títulos para você conferir Madri na tela da sua tevê: Doutor Jivago (1965) Elsa e

Lyon e seus museus de cinema: Miniature et Cinema

Imagem
Fotos: Fran Mateus A cidade francesa de Lyon é considerada (junto com a americana Nova Jersey) o berço da criação da Sétima Arte e conta com dois museus interessantes para fazer valer essa fama: o Musée Lumière (tema do post anterior) e o  Musée Miniature et Cinéma . Fundado pelo artista e miniaturista Dan Olhman, em 2005, o Musée Miniature & Cinéma  é  um espaço dedicado a dois temas: o universo dos e feitos especiais do cinema, de produções de 1960 até hoje (destaque para as salas do filme Perfume (2006) e a da Casa Branca, Estátua da Liberdade e aviões de guerra);  e miniaturas tanto de objetos de cena de filmes como de outros que fazem parte do imaginário francês, por exemplo um teatro e um bistrô (como o da foto abaixo; acredite, é miniatura).  Além do seu acervo permanente, esse espaço tem áreas dedicadas à criação dos seus minúsculos objetos. Fran Mateus Para deixar a visita ainda mais interessante, o museu ocupa as instalações de uma casa his

Lyon e seus museus de cinema: Musée Lumière

Imagem
Fotos: Fran Mateus Um dos lugares que, por si só, vale uma visita à cidade francesa de Lyon é o  Musée Lumière , pelo motivo óbvio dele ser uma prova viva da criação da Sétima Arte. O museu foi fundado na mansão onde viveram Louis e Auguste Lumière, os inventores do cinematógrafo e, com ele, do nascimento do cinema. Exatamente nesse local, os irmãos criadores filmaram vários curtas, sendo o primeiro " La sortie de l´usine Lumière à Lyon"  (ou " A saída dos funcionários da fábrica Lumière "): uma imagem de 45 segundos que mostra os operários da fábrica Lumière deixando o lugar ao final de um dia de trabalho. Esse curtinha foi lançado, junto com outros títulos, em 28 de dezembro de 1895, no  Le Grand Cafe,  em Paris, e é considerado o primeiro filme da história do cinema. Foto: Fran Mateus Além da memorabilia e objetos criados pelos Lumière, o prédio também abriga um instituto dedicado à exibição de mostras cinematográficas e a homenagens ao povo do

Lisboa no cinema

Imagem
Por Fran Mateus Lisboa é uma das cidades mais bacanas da Europa, com a sua combinação de lugar histórico e polo criativo, suas temperaturas amenas, sua culinária deliciosa e suas belas ruas e monumentos; muitos deles, escolhidos para dar um toque especial nos filmes e séries rodados por lá. Confira esses títulos e algumas das suas locações.    Fotos: divulgação   🚋  007 A Serviço de Sua Majestade  (1969): O James Bond de George Lazenby se hospedou no  Hotel Palácio Estoril  e filmou na Praia do Guincho , em Cascais. Na década de 1940, o criador do personagem, Ian Fleming, fez o check in no mesmo hotel e frequentou o Casino de Estoril , onde encontrou inspiração para criar o agente secreto mais famoso do cinema. 🚋   A Casa da Rússia  (1990): essa é uma outra história de espionagem, só que inspirada num romance de John Le Carré e com Sean Connery no papel principal. Destaques em cena: rua das Escolas Gerais, 88 (endereço do personagem de Connery), Palácio dos Condes

Cinco cidades fascinantes das "missões impossíveis" de Tom Cruise

Imagem
Por Fran Mateus Do primeiro ao sexto filme, a franquia " Missão: Impossível ", encabeçada por Tom Cruise, tem mantido uma agradável constância no quesito "locações em cidades maravilhosas de todos os cantos do planeta". Neste post, darei destaque para cinco delas: Londres, Roma, Sydney, Seattle e Paris. Se preferir, faça esse "passeio" escutando o tema da saga na versão eletrônica desse vídeo do Youtube. 🌐 Londres  é uma das metrópoles mais classudas e elegantes do mundo e foi escolhida como um dos cenários de  Missão: Impossível  ( Mission: Impossible , 1996). Ali, Ethan Hunt (Cruise) e sua equipe (alguns confiáveis; outros, nem tanto) buscam abrigo depois de uma missão fracassada em Praga. Entre os lugares exibidos na tela estão a fachada da estação de metrô Liverpool Street e o interior da estação de trem de mesmo nome, a silhueta da Tower Bridge e o  Anchor Pub  (onde foi filmada a última cena dessa aventura adrenalizante). Fotos